24.02.2018
Fã de Serena e com experiência de pai de ex-jogador do São Paulo e da LDU, equatoriana vai à final do quali na 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre


Mell Reasco, tenista equatoriana, tem o esporte no DNA de sua família. Seu pai, Neicer, foi um dos grandes nomes do futebol local pela LDU, defendeu a seleção equatoriana na Copa do Mundo de 2006 e passou nos anos seguintes pelo São Paulo Futebol Clube, e seu irmão, Djorkaeff, já compartilhou os gramados pela LDU com ele. Longe do futebol, no tênis, Mell é um dos grandes nomes do futuro do tênis local e tenta vaga na chave principal da 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, também conhecida como Copa Gerdau - Itaú, que tem o apoio da Lei de Incentivo ao Esporte – Ministério do Esporte – Governo Federal do Brasil.

Reasco, vice-campeã dos 14 anos em Porto Alegre no clube Sogipa em 2016, disputa pela primeira vez a categoria mundial na Associação Leopoldina Juvenil e na noite deste sábado passou pela estreia do qualificatório derrotando a brasileira Maria Barrento por 6/2 6/1. Segunda favorita da fase prévia ela enfrenta a brasileira Camilla Fonseca neste domingo onde tenta jogar pela segunda vez a chave principal de um dos nove maiores eventos do mundo - no México chegou à segunda rodada.

Com apenas 15 anos de idade a precoce equatoriana curiosamente conheceu o tênis no Brasil quando seu pai Neicer atuou pelo São Paulo por cerca de duas temporadas, pouco depois da Copa do Mundo da Alemanha em 2006: "Tinha seis anos, era sócia de um clube em São Paulo e minha melhor amiga jogava tênis, Rafaela. Eu praticava diferentes atividades, não me dedicava na época 100% ao tênis, mas quando voltei ao Equador foi o que mais gostei e passei levar mais a sério", disse a tenista que apesar de acompanhar o pai com frequência nos jogos de futebol tanto no Brasil como em seu país nunca gostou muito do esporte.

Apesar de nunca obrigar a filha a se dedicar a um esporte, seu pai curtiu o fato dela ter optado pelo tênis pouco depois do retorno à LDU em 2008: "Meu pai não me obrigava a jogar nenhum esporte, sempre dizia para eu fazer o que quisesse, e ele ficou feliz que eu tenha escolhido o tênis pois ele gosta de ver o esporte".

Neicer tem currículo invejável por seu país. Atuou na seleção equatoriana de 1998 até 2011 disputando 57 partidas, faturou o título da Copa Sul-Americana em 2010 e a Recopa Sul-Americana em 2009 e 2010 e foi Campeão Brasileiro pelo São Paulo em 2006 e 2007. O jogador de futebol era antenado no tênis. Fã de Gustavo Kuerten, Pete Sampras, Andre Agassi entre outros seguia o esporte e sempre quando pode acompanha a pupila quando vem a torneios pelo Equador ou em países por perto. Mell não mora com seus pais, tem sua base Estados Unidos: "Mell costuma jogar pela América do Sul, Brasil mesmo que more nos EUA, eu tenho relações com muitas pessoas do Brasil especialmente de São Paulo onde tenho amigos, tenho muito apreço pelo país por tudo que vivi aí mesmo que minha passagem não tenha sido tão boa por conta de lesões. Eu acompanho ela, vemos pouco, mais quando vem a Equador ou ali perto no Chile, Bolívia. Fiquei muito satisfeito com o que ela está fazendo para uma menina de 15 anos estar jogando nos 18, isso dá satisfação a ela, está levando muito a sério", disse Neicer que por sua vasta experiência dá conselhos de atleta para a pupila.

"Como atleta o que aconselho é dar o máximo nos treinos, ter mente positiva que nem sempre vai ganhar, mas lute para conseguir, que não abandone seus sonhos, o imporante é treinar para realizar seus objetivos pois em breve vai conseguir", apontou Neicer que aos 40 anos ainda joga profissionalmente.

Mell leva o conselho de seu pai ao pé da letra e aponta que ter uma família de esportistas gera um pouco de pressão, mas também ajuda para sua carreira: "Ter meu pai atleta e meu irmão também que joga futebol me ajuda a dar o melhor de mim no esporte. Creio que traz tanto pressão como tranquilidade, mas não me afeta muito pois meu pai me dá muita experiência, transmite o que passou na carreira dele para que eu fique no caminho correto. Ele me fala que qualquer coisa que eu faça preciso dar o melhor de mim, não importa se ganhe ou perca".

A jogadora é fã de dois ícones do esporte, Rafael Nadal e Serena Williams, e sonha ser uma profissional de sucesso: "Os dois lutam muito sempre. Serena sou fã porque além de lutar muito ela é muito forte. Quero ser profissional, mas antes quero chegar aos Grand Slams juvenis ter essa experiência nesses torneios e em eventos como este", finalizou a jogadora que afirmou adorar a estrutura e quadras da Leopoldina Juvenil onde jogou pela primeira vez.

A 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, também conhecida como Copa Gerdau - Itaú, tem o recorde de 59 países inscritos e conta com a participação de quatro jogadores do top 10 mundial, três no masculino e uma no feminino.

O torneio tem a presença de jogadores da África do Sul, Alemanha, Argélia, Argentina, Austrália, Bélgica, Bielorússia, Bulgária, Brasil, Canadá, Cazaquistão, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Croácia, Dinamarca, Equador, Egito, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, França, Geórgia, Grã-Bretanha, Grécia, Guatemala, Indonésia, Índia, Irlanda, Israel, Itália, Holanda, Hungria, Japão, Letônia, Malásia, México, Nova Zelândia, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Rep. Dominicana, Rep. Tcheca, Romênia, Rússia, Sérvia, Suécia, Suíça, Tailândia, Turcomenistão, Turquia, Tunísia, Ucrânia, Uruguai, Venezuela.

O clube Sogipa é sede das categorias 16 e 14 anos onde os jogos valem para o ranking da Confederação Sul-Americana de Tênis e também da categoria 12 anos com pontuação para o ranking da Confederação Brasileira de Tênis. Ainda há categorias do Tennis Kids até 8 anos.

São cerca de 1 mil atletas na disputa de todas as categorias do evento. A entrada é gratuita nos dois clubes da disputa.

Gauúcho avança no quali e busca vaga na chave principal neste domingo


Foram disputados as 48 partidas do qualifying na Associação Leopoldina Juvenil da categoria principal. Destaque para o gaúcho Guilherme Toresan que venceu em dois tie-breaks com 7/6 7/6 o brasileiro João Alves e encara o paraguaio Lucas Crichigno, 15º favorito, pela segunda rodada, Outro bom resultado foi do brasileiro Victor Castro que eliminou o 11º favorito, o japonês Taiyo Yamanaka por 6/3 4/6 6/2 e vai enfrentar na segunda rodada o também brasileiro Luiz Eduardo Santos que passou por Herick Isago.

Serão 32 partidas com a definição na final do quali feminino com oito partidas e mais 24 partidas do masculino com a segunda rodada e as finais. A programação larga às 9h no clube com a segunda rodada do quali masculino. A partir das 12h o quali feminino será decidido e em torno das 13h30 se inicia a definição do quali do masculino. No masculino são 18 jogadores do Brasil lutando pelas oito vagas e no feminino onze vão brigar pelas vagas.

Na Sogipa serão 20 partidas definindo as últimas vagas da chave principal dos 16 e 14 anos. Os jogos também largam às 9h com a definição dos 14 anos e em torno das 11h30 com as definições dos 16 anos.





Confira os resultados da categoria mundial (24/02):

Associação Leopoldina Juvenil

Quadra 1

Alexander KIEFER (USA) [10] 6/1 6/2 Guilherme SALIM (BRA)

Chih Chi HUANG (CAN) [5] 6/1 6/2 Kaue MACIEL COSTA (BRA)

Nicholas David IONEL (ROU) [9] 6/4 6/4 Jackson PEREIRA XAVIER (BRA)

Santiago GALAN (COL) [6] 6/1 6/2 Igor VENHADOZZI (BRA)

Victor CASTRO (BRA) 6/3 4/6 6/2 Taiyo YAMANAKA (JPN) [11]

Marco FURLANETTO (ITA) [8] 6/0 6/0 Joao Antonio BORGES (BRA)

Giulia PEREIRA DE AGUIAR (BRA) [7] 6/4 6/3 Julia CAMPOS (BRA)

Quadra 2

Franco RONCADELLI (URU) [16] 6/4 4/6 6/3 Henri Douglas MELLO DA LUZ (BRA)

Santiago DE LA FUENTE (ARG) [12] 6/0 6/2 Vinicius OUTOR (BRA)

Ilarion DANILCHENKO (RUS) [13] 6/3 6/3 Guilherme BRIZUELA (BRA)

Boruch SKIERKIER (ARG) [7] 6/3 6/2 Nino PORTUGAL (BRA)

Juan Bautista TORRES (ARG) [14] 6/3 6/0 Daniel SZCZUPAK (BRA)

Lucas Carlos RIBAS CRICHIGNO (PAR) [15] 6/0 6/0 Lucas CARVALHO SIQUEIRA (BRA)

Priscila JANIKIAN (BRA) [14] venceu Beatriz NECKEL (BRA) por WO



Quadra 3

Leonardo SCHMITZ FREDERICO (BRA) 6/3 6/0 Pedro VITAL (BRA)

Luiz Eduardo SANTOS (BRA) 6/3 6/4 Herick ISAGO (BRA)

Gustavo MAGALHAES CAMPOS (BRA) 4/6 6/3 6/4 Lucas RIBEIRO DINI (BRA)

Murilo Vieira SALVIATO (BRA) 6/4 5/7 6/0 Enzo MARCHESCHI (BRA)

Camilla FONSECA (BRA) 7/5 3/6 6/1 Manoela Cruz Lima DIAS (BRA) [11]

Paola SILVA CAMPIGOTTO (BRA) 7/6 (0) 6/1 Gabriela Klein HERWIG (BRA) [13]

Alice MARQUES (BRA) [8] 6/4 6/3 Giovanna JALLAS (BRA)

Quadra 5

Lucas AMORIM DE LIMA (BRA) 6/3 6/4 Heitor THIEME (BRA)

Eduardo Lobo Da Rosa De ALMEIDA (BRA) 3/6 6/1 6/1 Italo Michael DA SILVA LOURENCO (BRA)

. Emiliano TROCHE (URU) 6/0 6/2 Andre SCHIABEL (BRA)

Guilherme TORESAN (BRA) 7/6 (5) 7/6 (3) Joao ALVES (BRA)

15h - Anfisa DANILCHENKO (RUS) [3] 6/1 6/0 Laura MAIA SILVEIRA (BRA)

Laura FINK WAYERBACHER (BRA) [10] 6/0 6/0 Victoria Emi ITTO (BRA)

Mila BUREK (GBR) 6/2 6/1 Giulia SPICACCI (BRA) [16]

Quadra 4

Gustavo DESZCZYNSKI (BRA) 6/1 6/0 ALEXANDRE IGAYARA (BRA)

Vinicius SALEME (BRA) 6/2 6/4 Luis GALINDO MACHADO (BRA)

Miguel Angel CABRERA (CHI) 6/1 6/1 Thiago PITTON (BRA)

Neel RAJESH (USA) 6/3 6/7 (4) 6/2 Joao Pedro ALCANTARA (BRA)

Stefanv STEEMER (BRA) 6/3 6/3 [9] Rafaela MANFRIN (BRA)

Mell Elizabeth REASCO GONZALEZ (ECU) [2] 6/2 6/1 Maria BARRENTO (BRA)

Quadra 6

Vitor GONCALVES (BRA) 6/1 6/0 Antonio Nicolas MIRAMONTE RUYS (BRA)

Gustavo Datto MARTINS (BRA) 6/3 6/1 Pedro DE GODOY MANCINI (BRA)

Julia Garanhani CAMPOS (BRA) 7/5 7/6 (1) Roberta ARMANI (BRA)

Charlotte OWENSBY (USA) [1] 6/0 6/0 Luiza Martins TAVARES DA SILVA (BRA)

Ana SLOVNSKI (BRA) venceu Maria SALOMÃO (BRA) por WO

Rebeca SILVA (POR) [4] 6/0 6/0 Raffaela TONELLI (BRA)

Iulia Bianca ILINCA (ROU) [5] 6/0 6/1 Ana SLOVINSKI (BRA)

Isabela BIFFANO (BRA) [6] 7/5 6/3 Ana SAEK (BRA)

Quadra 7

Danilo de Souza PAULI JR (BRA) 6/2 6/2 Miguel DANELON (BRA)

Victor PILLA HELAL LOPES DE OLIVEIRA (BRA) 7/6 (0) 6/1 Gustavo MADUREIRA (BRA)

Giovanna JALLAS (BRA) 6/0 6/0 Amanda SANTANA RODRIGUES DE OLIVEIRA (BRA)

Thaissa Bolzan MOREIRA (BRA) [12] 6/2 6/1 ISABELA FIORAVANTI (BRA)

Maria BARRENTO (BRA) 2/6 6/3 6/1 Luana HERMES (BRA)

Thais MACIEL (BRA) [15] venceu Maria Beatriz RACHED WINDMULLER (BRA) por WO



Programação 18 anos - ITF - (25/02):

Quadra 1

9h - Liam DRAXL (CAN) [1] vs. Leonardo SCHMITZ FREDERICO (BRA)

Santiago GALAN (COL) [6] vs. Victor PILLA HELAL LOPES DE OLIVEIRA (BRA)

12h - Gustavo Datto MARTINS (BRA) vs. Franco RONCADELLI (URU) [16]

DRAXL, L ou SCHMITZ FREDERICO, L vs. AMORIM DE LIMA, L ou DE LA FUENTE, S

16h - FURLANETTO, M or RAJESH, N vs. SALVIATO, M or TORRES, J

HUANG, C ou ALMEIDA, E vs. MARTINS, G ou RONCADELLI, F

Quadra 2

9h - Chih Chi HUANG (CAN) [5] vs. Eduardo Lobo Da Rosa De ALMEIDA (BRA)

Boruch SKIERKIER (ARG) [7] vs. Miguel Angel CABRERA (CHI)

12h - Murilo Vieira SALVIATO (BRA) vs. Juan Bautista TORRES (ARG) [14]

VIANELLO, M ou DESZCZYNSKI, G vs. GONCALVES, V ou IONEL, N

16h - TACCHI, L or PAULI JR, D vs. SANTOS, L or CASTRO, V

Quadra 3

9h - Luciano TACCHI (ARG) [3] vs. Danilo de Souza PAULI JR (BRA)

Guilherme TORESAN (BRA) vs. Lucas Carlos RIBAS CRICHIGNO (PAR) [15]

12h - Charlotte OWENSBY (USA) [1] vs. Thaissa Bolzan MOREIRA (BRA) [12]

Isabella CAMPOS BIFANO (BRA) vs. Thais MACIEL (BRA) [15]

16h - CAULA, B or TROCHE, E vs. SALEME, V or KIEFER, A

Quadra 5

9h - Bruno CAULA (ARG) [4] vs. Emiliano TROCHE (URU)

Gustavo MAGALHAES CAMPOS (BRA) vs. Ilarion DANILCHENKO (RUS) [13]

12h - Mell REASCO GONZALEZ (EQU) vs. Camilla FONSECA (BRA)

Giulia PEREIRA DE AGUIAR (BRA) vs. Priscila JANIKIAN (BRA) [14]

16h - GALAN, S or PILLA HELAL LOPES DE OLIVEIRA, V vs. MAGALHAES CAMPOS, G or DANILCHENKO, I

Quadra 4

9h - Michele VIANELLO (ITA) [2] vs. Gustavo DESZCZYNSKI (BRA)

Marco FURLANETTO (ITA) [8] vs. Neel RAJESH (USA)

12h - Anfisa DANILCHENKO (RUS) [3] vs. Stefany STEMMER (BRA)

Giovanna JALLAS (BRA) vs. Mila BUREK (GBR)

16h - SKIERKIER, B or CABRERA, M vs. TORESAN, G or RIBAS CRICHIGNO, L

Quadra 6

9h - Lucas AMORIM DE LIMA (BRA) vs. Santiago DE LA FUENTE (ARG) [12]

Vinicius SALEME (BRA) vs. Alexander KIEFER (USA) [10]

12h - Rebeca C SILVA (POR) [4] vs. Paula SILVA CAMPIGOTTO (BRA)

Quadra 7

9h - Vitor GONCALVES (BRA) vs. Nicholas David IONEL (ROU) [9]

Luiz Eduardo SANTOS (BRA) vs. Victor CASTRO (BRA)

12h - Iulia Bianca ILINCA (ROU) [5] vs. Laura FINK WAYERBACHER (BRA) [10]

A programação e resultados da Sogipa com jogos dos 16 anos e 14 anos está disponível no site do evento - http://www.campeonatointernacional.com.br/

O Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre é apresentado por Gerdau e Itaú. Tem apoio da Lei de Incentivo ao Esporte – Ministério do Esporte – Governo Federal do Brasil, Britânia, Prado Bairro-Cidade, April e Laghetto Hotéis. A realização está sob a responsabilidade do IGE – Instituto Gaúcho do Esporte, e a organização, da PROTENIS Promoções Esportivas. Os órgãos oficiais são a Federação Internacional de Tênis (ITF), a Confederação Sul-Americana de Tênis (COSAT), a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) – Correios, patrocinador oficial do tênis do Brasil, e a Federação Gaúcha de Tênis (FGT).

Acompanhe os resultados e destaques em nossas redes sociais - Facebook - https://www.facebook.com/CampeonatoInternacionalJuvenilDeTenisDePortoAlegre/ , Twitter - https://twitter.com/campeonatotenis e Instagram @campeonatointernacional

TRANSMISSÃO AO VIVO - A partir de segunda-feira haverá transmissão AO VIVO da quadra central da categoria 18 anos na Associação Leopoldina Juvenil através do site www.tenisvirtual.com.br

MAIS FOTOS DOS JOGOS DESTE SÁBADO DISPONÍVEIS EM - https://www.flickr.com/photos/140890900@N02/sets/72157692083291191

05.03.2018
Neta de tricampeão de Fórmula 1, Helena Piquet é vice de duplas no Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre

04.03.2018
Argentino Baez e canadense Fernandez conquistam a 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre

03.03.2018
Definidas as duplas campeãs nos 18 anos do Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre

03.03.2018
Embalado, Baez decide o título contra surpresa dominicana na 35ª edição do Campeonato Internacional Juvenil de Porto Alegre

03.03.2018
Gaúcha perde para favorita e é vice-campeã nos 16 anos na Sogipa

PATROCÍNIO
APOIO REALIZAÇÃO

SEDES

Federação Gaúcha de Tênis Federação Gaúcha de Tênis
ORGÃOS
OFICIAIS

ITF Tennis
Confederación Sudamericana de Tenis
Confederación Sudamericana de Tenis
Federação Gaúcha de Tênis


ORGANIZAÇÃO

Protênis Promoções Esportivas